O Centro de Ação Social (CAS) da Fundação Imepen, foi apresentado na manhã desta terça-feira (14), à representantes do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), da Prefeitura Municipal e as UAPS de bairros vizinhos que compões a rede socioassitencial de Juiz de Fora. A intenção foi divulgar a nova estrutura do projeto, que conta com cinco novas ações junto aos usuários e cidadãos que tenham critérios para participarem das atividades.

“A reunião de hoje foi um marco para o CAS, pois se inicia uma nova trajetória com a ampliação dos cursos e a reformulação da porta de entrada dos projetos. Nesse sentido, a articulação com a rede socioassistencial é fundamental para o pleno desenvolvimento das atividades, além de um requisito descrito na legislação social. A nova porta de entrada centralizada no CRAS garante o acesso dos usuários em comprovada situação de vulnerabilidade social.” Afirma a Coordenadora Assistencial, Luciana Tirapani.

Para a psicóloga e coordenadora do CRAS oeste São Pedro, Sarita das Graças Torres, é preciso um entrosamento entre CRAS, UAPS e Instituição para que o cidadão tenha realmente acesso a ações que, por algum motivo, estão sendo cerceadas.

“O Imepen é um marco dentro das instituições privadas, esse trabalho é inovador e foca diretamente pessoas que realmente necessitam. Somos a porta de entrada, então temos todo aparado para fazer o encaminhamento desse usuário e direcionar as famílias para o serviço que ela necessita. É muito importante que toda a rede esteja articulada com o CRAS para que possamos chegar a esse usuário seja e mais importante ainda, o CAS propõe ações que visam diretamente às deficiências sociais dessas pessoas.” Completa.

Inaugurado em junho de 2013, o CAS tem como objetivo prevenir situações de risco por meio do desenvolvimento de potencialidades e aquisições, equalizar oportunidades, combater as desigualdades, melhorar as condições e fortalecer os vínculos familiares e comunitários.

Novos Cursos

Além da alfabetização e Economia Doméstica e Atualização Tecnológica, cursos que existem no CAS há dois anos, novas ações começarão a partir do dia 4 de agosto. Os novos cursos são: Artesanato Sustentável, Pilatenado “Aula de pilates para idosos”, Realimentando Saberes do Nutrir em Adolescentes com Risco de Transtorno Alimentare, Projeto G.A.F.: Grupo de Apoio Familiar e Oficina de cidadania.

 

 

 

comunicado-oficial-covid19-imepen

You have Successfully Subscribed!