O XI Congresso Mineiro de Nefrologia e II Simpósio Mineiro de Transplante Renal aconteceram de 20 a 23 de maio na cidade de Ouro Preto. O evento, organizado pela Sociedade Mineira de Nefrologia e Sociedade Brasileira de Nefrologia, está na 11ª edição. Este evento, tem como tradição ser um fórum fértil de discussão clínica, de educação continuada e de formação de profissionais, e além disso, o objetivo foi reunir toda a comunidade nefrológica, buscando transmitir e atualizar conhecimentos para o melhor desempenho diário da especialidade.

No total havia cerca de 400 participantes entre, médicos nefrologistas, urologistas, cirurgiões vasculares, residentes, acadêmicos de medicina, enfermeiros, nutricionistas, psicólogos, assistentes sociais e outros profissionais da área.

A presidente do congresso Profa. Dra. Hélady Sanders Pinheiro, da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) e pesquisadora do  Núcleo Interdisciplinar de Estudos, Pesquisas e Tratamento em Nefrologia (NIEPEN) e Núcleo Interdisciplinar de Estudos em Animais de Laboratório (NIDEAL) da UFJF, ressalta a importância do congresso para a comunidade acadêmica e para a pesquisa em Nefrologia. “Este evento é o mais importante para os profissionais envolvidos no cuidado e nas pesquisas na área de Nefrologia em Minas Gerais apresenta excelência na sua qualidade científica, e a UFJF e o NIEPEN contribuíram de forma relevante para o sucesso e grandiosidade da iniciativa”. Afirma.

A programação incluiu atividades direcionadas para estudantes em nível de graduação com as Ligas Estudantis e de pós-graduação, e programação específica para profissionais de saúde que atuam nesta área.

Dois terços dos palestrantes eram mineiros e a participação do NIEPEN foi expressiva. Dentre esses estava o diretor da Fundação IMEPEN, Prof. Dr. Marcus Gomes Bastos, que ministrou duas palestras, uma sobre o HIPERDIA e outra sobre ultrassom. “Na palestra sobre o Hiperdia, basicamente, apresentei o programa  e alguns resultados, enfatizando como podemos ter qualidade de atenção a saúde no serviço público, no caso, o SUS. A aula sobre o ultrassom, o objetivo foi mostrar ao público presente a importância de integrarmos o ultrassom ao exame físico do nosso paciente e, assim, melhorar a qualidade do atendimento do médico.” Completa.

O programa de educação continuada da Sociedade Americana de Nefrologia (Highligths ANS) trouxe os destaques do último Congresso Americano de Nefrologia que aconteceu em novembro do ano passado e foi apresentado por professores de destaque internacional.

A presidente o congresso ressaltou ainda o aspecto inovador na avaliação dos trabalhos apresentados na forma de pôster e destacou a participação da UFJF. “Todos os pôsteres foram efetivamente avaliados, para que se escolhessem os cinco melhores. A UFJF, representada pelo NIEPEN, teve participação expressiva, apresentando 40 dos 125 trabalhos (3 como tema livre e 37 como pôster). A qualidade dos nossos trabalhos foi reconhecida pela premiação, uma vez que fomos agraciados recebendo 05 dos 08 prêmios. Fomos ainda representados com 09 dos cinqüenta palestrantes.” Completa.

 

 

comunicado-oficial-covid19-imepen

You have Successfully Subscribed!