O Serviço Social é uma profissão inserida na realidade social brasileira e possui como objetivo o atendimento das necessidades sociais da população e a defesa dos direitos básicos dos cidadãos. Tal profissão expressa seu significado na atuação junto às refrações da questão social que se revela nas desigualdades sociais manifestadas na pobreza, violência, fome, desemprego, carências materiais, entre outras. Porém, esta profissão não atua somente na falta de recursos materiais, ou seja, não trabalha apenas com a questão da pobreza, mas também com a ausência de oportunidades que envolvem os cidadãos, bem como a garantia dos direitos de todos os sujeitos sociais.

O Serviço Social compõe diversos setores, estando presente em instituições públicas, privadas, movimentos sociais, fundações, organizações não governamentais, entre outros, a fim de garantir os direitos conquistados na Constituição Federal de 1988, como saúde, educação, habitação, assistência social, alimentação, justiça, trabalho e lazer.

Na Fundação IMEPEN, o Assistente Social compõe a equipe interdisciplinar, ilustrando uma contribuição educativa e política significante. Trabalha na garantia de direitos sociais e humanos, no exercício da cidadania e emancipação social. Atua no campo das políticas sociais, informando e orientando os pacientes sobre seus direitos. Tendo suas principais ações voltadas para: aquisição de passe-livre municipal e federal; isenção de Imposto de Renda; Benefícios e Programas da Previdência e Assistência Social; Encaminhamento a programas e projetos da rede socioassistencial pública e/ou filantrópica; entre outras.

Através da anamnese social, o profissional busca identificar a realidade socioeconômica e sanitária destes pacientes, a fim de desvendar as questões sociais que possam impactar ou paralisar o tratamento, reforçando a importância da participação familiar neste processo e trabalhando os determinantes sociais da saúde dos pacientes, familiares e acompanhantes.