Histórico. O Ambulatório de DG foi criado em meados de 1990, ocasião de reformulação do Serviço de Nefrologia do HU-UFJF. Naquela época, já funcionava semanalmente, às terças e quintas-feiras, atendendo pacientes da rede SUS ou que receberam alta do próprio HU. A biópsia renal já era realizada.

Em 1997, o Serviço de Nefrologia era transferido para a Rua Tiradentes, Bairro Santa Helena, quando se instalou como rotina a sedimentoscopia urinária pela técnica da microscopia de fase, e a biópsia renal passou a ser orientada por ultrassom. Foi criado o NIEPEN.

Em 2001, o Prof. Luiz Carlos Ferreira de Andrade foi a Milão e frequentou o serviço do Prof.Cláudio Ponticelli, atualizando os protocolos terapêuticos das DGs.

Em 2005, o NIEPEN foi transferido para o Centro Comercial São Pedro.

Objetivo: O Ambulatório de DG se propõe a:

1.Diagnosticar e tratar as DGs.

2.Apoiar logisticamente os programas do Internato e Residência Médica e também as outras Residências do HU – UFJF.

3.Participar das Pesquisas, envolvendo as DGs, através do Programa de Pós-graduação em Saúde da FAMED-UFJF.

Características:

1.Ambulatório de DG aberto à comunidade local e regional, com atendimento prioritário aos pacientes do SUS.

2.O ambulatório de DG faz parte de um grande programa de Prevenção da Doença Renal Crônica, NIEPEN/Fundação IMEPEN.

3 A NEFRITE LÚPICA é a DG secundária de maior interesse.